A estrela de prata – Jeannette Walls

Jeannette Walls no Comenta Livros

Mais um livro dessa autora que já comentei dois livros aqui e esse veio para mais uma vez ter uma certeza: vida sofrida dela.

Nesse livro vimos a vida de Bean e Liz virar literalmente de cabeça para baixo. Duas meninas em busca de amor, atenção,com uma mãe desmiolada chamada Charlote que pensava que era um artista e deixou suas filhas com dinheiro apenas para comer tortas de frango e foi em busca de seu sonho.

Desde o começo da leitura já achei displicente fazer isso, lógico que sempre acredito que deve ir em busca de seu sonho, mas para isso você larga suas filhas sozinhas?

Para evitar o Conselho Tutelar as meninas vão atrás de um tio (irmã de sua mãe) numa cidade pequena, onde Bean encontra sua família paterna e descobre a verdade sobre a morte de seu pai.

Nessa época nos deparamos com o preconceito racial nas escolas, um mundo de pobreza das meninas, mas acima de tudo entre elas muita cumplicidade, companheirismo e amor.

Elas passam a viver lá até que a desmiolada da mãe aparece, devido uma situação horrível que acontece com Liz. Lógico, não contarei, porque vocês devem ler o livro.

Mesmo a mãe aparecendo sem dinheiro e sem o sucesso, após resolver a situação, larga as filhas com esse tio, pois vai em busca de arrumar algo, depois de um retiro espiritual. Nossa, realmente essa mulher era louca, acredito que não nasceu para ser mãe.

As meninas passam por várias situações, mas juntas e com a ajuda de seu tio e a família de Bean encontram mesmo que temporariamente o caminho da felicidade e um lar.

Um final que não gostei, um pouco sem sentido, mas o livro não é o melhor, mas vale a leitura para entender o que nossa autora passou em sua vida miserável, até chegar ao sucesso.

São 256 páginas, com preço bom para livro físico e melhor ainda para livro digital. A capa é exatamente o que me deixou de lição nesse livro: o amor entre duas irmãs que se ajudam e se completam.

Leiam porque vale a pena e comentem aqui o que vocês acharam da Charlotte louca.

Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *