A Guerra dos Tronos – A fúria dos reis – volume 2 – George R.R.Martin

George R R MArtin no Comenta Livros

Esse segundo volume não deixou nada a desejar.

Agora o bastardo Jon Snow vai em busca de respostas no norte gelado.

A mão do rei Eddard Stark está no meio de um ninho de cobras tentando descobrir a verdade que cerca aquele reino.

Tem também a princesa Daenerys Targaryen que se casa forçadamente com o ogro Khal Drogo. E lógico seu irmão chato a acompanha e muita coisa acontece nesse capítulo. Ela é bem criança, mas está adquirindo uma força que ainda não descobriu mas fará toda a diferença lá na frente.

Lógico que o meu anão predileto, Tyrion Lannister foi acusado por Catelyn Stark de matar seu filho mais velho. Foi capturado e passará por um julgamento de arrepiar com um final de tirar o fôlego.

Ele será julgado no castelo da irmã da Catelyn, uma mulher chata, obcecada pelo filho que é um mimado e segundo ela futuro rei. Esse capítulo a parte me impressionou pela forma como seu filho é criado, baseado em julgamentos antecipados adicionados de muita violência para uma criança.

Tem o irmão de Robert Baratheon, Stannis que se alia a uma feiticeira bem perigosa e monta um exército para reivindicar o trono. Porém seu irmão mais novo se proclama rei e o inevitável acontece.

O capítulo que mais gostei foi a vingança de Greyjoy  que está cansado das humilhações sofridas por 10 anos, esse é de tirar o fôlego, muita violência e maldade. Você consegue sentir raiva dele.

Com tudo isso, a prisão do anão precipitadamente, vai começar uma guerra sem fim.

Bem eletrizante, com muito jogo de poder e um final digno de seus livros, com a preparação para o livro 3.

Tem 656 páginas, com uma capa sem grandes impactos, mas com um preço salgadinho para livro digital e físico. Vale a pena comprar usado.

Digam se gostaram do volume 2.

Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *