A história de amor de Anastásia Romanov – Fabiane Ribeiro

Anastásia Romanov no Comenta Livros

Desde que li o livro Catarina, a Grande, já comentado aqui, fiquei empolgada pela história da Rússia. Tantos mistérios, tanta política crua e nua, com guerras e revoluções me fizeram encontrar com a família Romanov.

Inclusive tem uma série com seis capítulos que conta a história do czar Nicolau II, pai da nossa personagem Anastásia.

Essa família, tem Nicolau, esposa e cinco filhos (quatro mulheres e um menino) que foram brutalmente assassinados em julho de 1918 de uma forma realmente de cair o queixo. Isso aconteceu por uma série de erros de Nicolau perante guerras, indecisões, falta de estratégia que acabaram com essa dinastia.

Mas diante do assassinato, Anastásia sobreviveu, juntamente com seu cãozinho de nome Rei Charles e seu irmão doente e mais novo Alexei. Isso deveu-se pela ajuda de um guarda chamado Vladimir que se apaixonou por Anastásia.

Então, voltando aos dias atuais, Noel, nos conta como se apaixonou desde os 11 anos por Anastásia, através de seu avô, que a apresentou. Calma, foram histórias e fatos, já que falamos no ano de 1999.

Noel é neto de um avô explorador que junto com uma equipe se dedica a essa família tentando encontrar os corpos dos Romanov e Noel, como mora com ele, sempre acompanhou seu avô nessas experiências.

Seu avô inclusive ganha prêmios e é muito respeitado. Essa parte do livro é bem interessante.

Noel com o passar dos anos tem uma dedicação por aquela que apenas ouviu o nome e histórias, mas buscou tudo que podia para descobrir seu rastro.

Sua morte sempre foi uma dúvida, pois seu corpo, assim como de seu irmão, nunca haviam sido encontrados. Dessa maneira, só podíamos achar que estava viva e vivendo seu grande amor.

Noel, através da sua imaginação, fantasia que Anastásia conta como foram seus dias no castelo, sua infância e sua prisão juntamente com sua família.

Em alguns momentos, parece um pouco superficial e não muda muito daquilo que já sabemos e pesquisamos por aí, mas a partir de uma descoberta de Noel, fatos mudam nos contando a verdade.

Uma linda história de amor com um final feliz tanto para Anastásia como para Noel que queria apenas falar sobre aquela mulher que salvou sua vida sem sentido e trouxe luz para uma escuridão.

O livro é bem escrito, com uma capa linda, com 320 páginas e preço muito bom para livro digital e razoável para livro físico.

Na verdade esse livro só reforça o quanto Nicolau destruiu a Rússia, empurrando-a para guerras, matando pessoas, destruindo vidas. O incrível é que dentro de seu castelo tudo parecia um conto de fadas.

Mostra como sua esposa foi uma pessoa influenciadora, manipulada e em alguns momentos louca.

Seu povo morria de fome, pessoas não tinham empregos, perdiam tudo e Nicolau agia como se não fosse com ele. Era mal assessorado e quando alguém falava a verdade, ele não gostava e não acatava.

Acredito que a revolução o jogou para a sua exoneração do cargo e seu exílio na Sibéria, contribuindo para a sua morte e da sua família. Em nenhum momento ele pensou que isso aconteceria, sempre soberbo e arrogante.

Anastásia aqui é relatada como um ser doce, que tinha uma relação diferente com seu irmão e que não tinha nada a ver com os outros membros da família. Uma menina que sofreu na pele as decisões de seu pai mal sucedidas.

Se você quer saber mais sobre essa família tão misteriosa leia esse livro e me conte como foi essa experiência.

Não esqueçam de curtir o comentário, compartilhar e seguir o blog.

Até a próxima leitura.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *