A Ilha do Dr. Moreau – Herbert George Wells

A il Dr. Moreau no Comenta Livros

Quando estava em busca de uma aventura vi essa capa e o título e pensei em baixar. E o autor me chamou a atenção pois foi citado numa série de televisão que estou assistindo.

Por curiosidade fui pesquisar um pouco sobre H. G Wells como é mais conhecido. Ele tinha um talento peculiar num universo de emoções e juntamente com Júlio Verne e Hugo Gernsback, é sempre lembrado por sua criatividade e um dos criadores do gênero “Ficção Científica”.

Escreveu vários livros e abordou assuntos como: viagem no tempo, a invasão alienígena, a manipulação biológica, a guerra total e a invisibilidade, entre outros.

Nasceu em 21 de setembro de 1866 e morreu em 13 de agosto de 1946 aos 79 anos. Filho de pais com origem simples, porém trabalhadora, foi professor de biologia e depois jornalista.

Esse livro foi publicado em 1896 e foi impactante toda a sua história e até hoje desperta a curiosidade de muitos leitores.

Vamos aos fatos: Prendick é um náufrago encontrado por um navio que transportava animais selvagens para uma ilha.

Como estava muito debilitado foi cuidado até estar novamente em pé e pronto para retornar a sua cidade. Mas não foi isso que aconteceu.

Acompanhamos o dia  a dia de Prendick com os animais e as pessoas estranhas e a todo instante o mesmo se perguntava o que faziam naquela ilha, até descobrir que lá estava também um cientista que se achava um cirurgião plástico de nome Moreau.

O livro começa a ficar interessante pois o que é visto são animais transformados, mutilados sem anestesia, transformados em monstros. Moreau fazia experiências com eles como se fossem a coisa mais natural do mundo. Ele tirava órgãos de um lugar para colocar em outro para ver qual a função, pegava garras de bichos mortos e colocava nas mãos de quem precisasse para ver o que acontecia. Um horror.

Prendick fica horrorizado com tudo e tenta escapar mas não tem como, é capturado e Moreau explica tudo, o incorporando a sua equipe para acompanhar como permaneciam aqueles que haviam passado por essa experiência.

Nessa parte do livro percebemos que muitos deixam de serem humanos para serem animais, uma coisa chocante mas bem interessante.

O livro é bem escrito, não é cansativo, tem algumas palavras que precisará recorrer ao dicionário, mas as 169 páginas tem prendem até um final bem legal.

Na verdade Moreau brincava de ser Deus. Após tantos choques percebidos por Prendick algo acontece mudando a vida dele.

Prendick passa por mais um estresse emocional e termina o livro explicando e justificando o que viveu e aconteceu na ilha.

É  bem impactante todo o enredo, mas que vale muito a pena ler.

Gostei muito da experiência de conhecer esse autor  e acredito que tudo que Dr. Moreau fazia naquela época ainda vimos muito no nosso tempo.

O preço para livro digital e físico são excelentes, cabem com certeza no orçamento.

Quem já leu me diga o que achou dessa ilha tão misteriosa. Você faria parte desse Universo?

Boa leitura.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *