Cabeças de Ferro – Carol Sabar

Cabeças de Ferro no Comenta Livros

Há algum tempo baixei esse livro e só agora consegui ler. Então, não me lembrava da sinopse o que foi bem legal.

Com esse título imagina um livro que tivesse lutas medievais, sei lá, acho que viajei.

Mas o que encontrei foi uma volta ao mundo do meu primeiro dia como caloura numa faculdade, assim como a nossa personagem Malu.

Malu, uma garota amada por sua família, linda e inteligente,  foi aprovada no curso de Engenharia da Produção e junto com seu super amigo Nicolas, que estudava Direito, foram ao primeiro dia como bicho, caloura.

A única coisa que a preocupava era encontrar seu inimigo desde a infância,  Arthur, um moleque que a humilhou na escola quando criança e que por infelicidade estudava lá e os dois competiam em tudo quando o assunto era escola. Então acreditava que vinha bomba.

Então ela descobre que Arthur será o comandante do trote e a partir disso,  seu  mundo vai abaixo. Mas não tinha o que fazer. Formam-se filas, e Malu será a primeira.

Arthur pega um balde com uma gosma fedida e vai jogar na cabeça de Malu, mas de repente ele decide jogar em outra caloura de nome Mariana e não nela!

Malu tem mil perguntas no ar. O que será que aconteceu para ele não fazer isso? Todos os outros veteranos ficaram olhando Arthur sem entender nada.

Só que não dá tempo disso, porque a menina tem um choque anafilático, passa mal, vai para o hospital e Malu se vê ali diante de Arthur com uma única saída: ajudar a descobrir quem fez isso. Nessa altura do campeonato todos os veteranos saem correndo, chega ambulância, polícia e seu amigo Nicolas.

Assim começa a história eletrizante onde caminhamos na faculdade com Malu tentando descobrir quem fez isso e muito mais.

O livro é recheado de humor, bebidas, drogas, festas na Universidade e segredos.

Malu é uma personagem forte, assim como Nicolas, seu amigo, que você se apaixona na primeira letra e Arthur fica na imaginação da mulherada, porque é retratado como um rapaz lindo, mas bem galinha.

A história é bem contada onde a amizade é um ponto forte no livro, assim como escolhas que fazemos na vida. Os mal entendidos são desfeitos e chegamos a um final que não foi o que queria, mas foi o correto para o enredo. Na verdade foi lindo.

Uma grata surpresa para um livro com linguagem rápida, própria daquela idade, com palavras fáceis, com cenários onde os jovens vivem e com assuntos que te prendem nessas 304 páginas que nem vi passar o tempo.

O preço para livro digital e físico são apropriados para o seu bolso e a capa é fofinha.

E aí como foi seu primeiro dia de aula na faculdade? Teve trote? Me conte como foi, porque o da Malu foi desesperador.

Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *