Cartas marcadas – Sandro Schulze

Cartas Marcadas no Comenta Livros

Procurada pelo escritor, fiquei imensamente feliz pelo convite de comentar esse livro que pelo título e pela capa, que não me chamou atenção, mergulhei de cabeça sem saber do que se tratava. Isso acho bem legal, pois o mistério do livro fica mais gostoso.

Quando percebi, entrava na vida de Percy, um micro empresário, que andava mal dos negócios e na vida conjugal, nem se fala, mas para se dar bem, dá um “jeito” de conseguir sair do buraco.

Percy mostra seu lado chantagista, ambicioso, cruel em alguns momentos e então as coisas começam a melhorar e nisso se  passam aproximadamente 30 anos.

Podre de rico, casado, dois filhos, empresa em ascensão, estamos diante do mundo da política com suas conspirações, corrupções e acordos milionários.

Filhos criados, mulher infeliz e ele feliz pelos seus negócios escuros e sua infidelidade que o acompanha desde muito jovem.

Na trama, seu filho Ricardo, um desembargador muito respeitado e com uma carreira deslanchando e Nicolas um procurador da justiça justo e honesto. Ambos amigos e ligados pelo trabalho que amam acima de tudo. E ia esquecendo,  o irmão de Ricardo, Duda, um desocupado, um playboy, mas muito misterioso, com segredos sensacionais.

Então, Percy é morto misteriosamente e começam as investigações, aí você se vê sem largar o livro nem para comer (mentira kkk), mas você come e volta de novo para desvendar esse assassinato tão misterioso, onde o culpado me deixou de queixo caído. Nunca imaginei algo assim.

Com muita categoria o escritor ainda tem tempo para nos contar da estória de Nicolas que acaba se interligando com o assassinato.

Simplesmente sensacional, não conto mais nada, só peço que leiam e me digam se não valeu a pena.

Quando acabou fiquei com  a sensação de mais vida para esse livro e fiquei até frustrada porque realmente adorei.

São 237 páginas com preço muito bom para livro digital que farão a diferença na sua leitura. Eu reli o final várias vezes para ter certeza que tinha acabado.

Parabéns ao escritor e espero comentários aqui.

Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *