Enquanto você dormia – Anne Holt Muller

Enquanto você dormia no Comenta Livros

Um livro intrigante, tenso, com momentos críticos que te levam ao desespero de nunca terminar. É exatamente essa a sensação.

A princípio parecia uma estranha convivência com a perturbada Brittany e Elena. A mesma pessoa, numa cidade pacata e acolhedora. Será?

A escritora cruzou uma linha perigosa entre o psicológico e o lunático. Em alguns momentos, as personagens (Britt/Elena) ambas chatas , com personalidades diferentes como por exemplo, uma era mais tímida e a outra mais impulsiva.

Seu envolvimento com Michael, seu chefe, foi algo diferente e assustador, principalmente no final do livro.

A perturbação do “Culto” me deixava cansada e tensa ao ler, mas foi descrito com tanta realidade e maldade que parecia algo indigesto.

Não tenho nem como dizer qual personagem gostei mais, só sei dizer que a partir do meio do livro, tudo fica eletrizante e o mistério finalmente vai se desvendando.

Aliás os personagens são indecifráveis, manipuladores, todos lembravam comercial de margarina, entendem? Não dá para confiar em ninguém.

Sabe quando você acha que já sabe o final e a escritora muda tudo? Assim mesmo.

Em quem acreditei, me decepcionou e Britt sofre até quase as últimas páginas, mas o final é muito bom.

Só senti falta de saber mais do personagem Jacob, que ficou esquecido. Não sei o que aconteceu com ele.

São 519 páginas de uma capa que me trouxe angústia, mas com conteúdo muito surpreendente.

O que gostei é que a personagem adorava um café e isso tem muito a ver comigo, então nessa hora me controlava para não acompanhá-la. E tenho que fazer jus a Michael que adorava uma taça de vinho onde os papos com Britt rendiam momentos incríveis.

Enigmático, mas tenho certeza que vocês gostarão.

Preço para livro digital muito bom.

Espero que gostem.

Boa leitura.

 

2 thoughts on “Enquanto você dormia – Anne Holt Muller

  1. Estou impressionada com seu estilo de escrita e com sua capacidade de capturar tão bem sensações que tentei transmitir. Sem dúvidas, dá mesmo vontade de acompanhar os personagens, seja no café ao fim da tarde ou com uma taça de vinho a noite. Parabéns pela resenha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *