Meu pé de laranja lima – José Mauro de Vasconcelos

Um clássico da nossa literatura que seus filhos devem ler.

 

Um clássico da literatura no Comenta Livros

Esse foi um dos livros mais lindos que já li em toda a minha vida, ficou marcado em minha memória. Li quando era criança, presente de uma segunda mãe por volta de 1982. Ainda tenho o livro guardado pois nunca tive coragem de trocá-lo ou vende-lo.

Já foi adaptado para filme, que inclusive assisti e me emocionei demais, além da televisão e teatro.

Já reli mais de uma vez e o filme já assisti pelo menos umas três vezes. Todo mundo deveria experimentar essa leitura, que é um clássico da nossa literatura.

Foi lançado em 1968 e é uma obra autobiográfica de um autor que encanta a cada página com a criação de Zezé, um menino que vivia aprontando todas, se metendo onde não devia, vivendo na sua ilusão, no seu castelo onde só coisas boas aconteciam e nada era impossível. Sua imaginação era muito fértil.

Zezé tem 6 anos e mora num bairro modesto, na zona norte do Rio de Janeiro. O pai está desempregado, e a família passa por dificuldades. Sua mãe trabalha par a garantir um pouco do sustento da casa. Sua vida não é fácil.

De tanto aprontar na escola, na rua, em casa, as surras acontecem seja através de seu pai ou de sua irmã mais velha. Aliás uma das passagens do livro que mais chorei e mais fiquei chocada, eram muito cruéis com ele. Ele aprontava, mas o que faziam com ele, machucava a cada dia o coração dele.

De tanto apanhar e não entendo o motivo, tentou desistir da vida, mas acredito que a fé na família e seu anjo da guarda não deixavam, além de seu apego ao seu mundo.

Sua paixão era Luizinho seu irmão mais novo que Zezé não cansava de elogiar e brincar com ele, lógico e com seu pé de laranja lima. Dizia que seu  irmão viraria um príncipe, por causa de sua aparência, sua inteligência.

Seu grande amigo Portuga será sua válvula de escape, seu amigo, seu pai, mas ele descobrirá muito cedo a dor, a perda de algo querido, mas ficará marcado pelo amor que nunca teve de sua família.

Muita sensibilidade em cada página, com um enredo lindo.

Então, depois de tanto sofrimento as coisas começam a melhorar,  inclusive a relação com seu pai e sua irmã mais velha.

Muito amor envolvido, fé e determinação fizeram desse livro uma popularidade muito grande e uma vontade de não querer largar mais e acima de tudo de se apaixonar por esse menino danado, mas que no fim só queria ser criança, só queria ser feliz.

Se já leram me digam o que acharam, curtam, comprem para seus filhos, o preço não é alto, e a capa é normal.

O final é sensacional, triste, mas repleto de sabedoria.

Acredito que ele nos ensinou em cada travessura, mas contudo, percebemos o quanto é importante amar, educar e deixar que a imaginação abrace o mundo do seu filho ou filha.

Por isso termino com uma das frases mais lindas do livro que está no último capítulo chamado “ A Confissão Final” :

“ Foi você, quem me ensinou a ternura da vida, meu Portuga querido. “

Boa leitura!

2 pensamentos em “Meu pé de laranja lima – José Mauro de Vasconcelos”

  1. Ahhh, que linda resenha! Eu li esse livro na 5ª série e me lembro de ter gostado muito! infelizmente não me lembro muito do enredo, mas lembro que era bonito e triste.

    Talvez eu pegue novamente um dia desses <3 ^_^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *