Mussum Forévis: Samba, Mé e Trapalhões – Juliano Barreto

Hoje um trapalhão chamado Mussum!

Mussum no comenta livrosGostei do livro, ainda mais que vivi a época dos trapalhões e fiquei bem chateada quando tudo terminou.

Nosso domingo só tinha graça quando meu pai ligava a TV sempre as 19h00 do domingo para assistir o quarteto mágico. Mussum era um dos mais engraçados porque tinha bordões copiados até hoje. Seu humor era inteligente e bem inocente.

Senti falta de relatar mais sobre Mussum, porque o autor relatava alguns artistas que passaram na vida dele, mas dava muita ênfase. Ainda fiquei com vontade de conhecer e saber mais de sua vida.

No mais uma divertida leitura.

Para homenageá-lo resolvi colocar um comentário no domingo as 19h00!!!!!

A capa você ri só de olhar e são 421 páginas de estórias, sucessos, superação, amor, cachaça, samba, risadas e um pouco de tudo.

O preço do livro físico ou baixado da internet são bem acessíveis.

Espero que gostem, cacildis!

Boa leituris!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *