O grande Gatsby – F. Scott Fitzerald

F. Scott Fitzerald no Comenta Livros

Esse livro me fez recordar de adaptações do cinema inclusive com Leonardo de Caprio, que não assisti.

Scott Fitzgerald (1896-1940) é o mais conhecido por seus romances e contos que retratam os excessos da era do jazz norte-americano, durante os anos 1920.

Ele era de uma família razoavelmente bem de vida que escreveu livros até hoje traduzidos e publicados no mundo todo.

Acompanhamos o narrador aristocrata Nick Carraway nos contar sobre Jay Gatsby que era proprietário de uma luxuosa mansão vizinha a sua humilde casa em Long Island.

Gatsby promovia festas com grandes artistas, garotas e pessoas da alta sociedade onde nessas festas seu objetivo era buscar ascensão social. Na verdade Nick não sabia o que fazia Gatsby para sobreviver e manter uma vida tão luxuosa. Na época várias fofocas e estórias falavam por si só.

Ele se passa em 1920 onde acompanhamos um país em desenvolvimento pós guerra, onde a liberdade e o som do jazz fazem a diferença no livro.

Em vários momentos acompanhamos as pessoas fúteis, bêbadas, que só falavam de poder e dinheiro. Mas na metade do livro o romance se desenrola com a verdadeira estória de Gatsby e seu grande amor.

Fica mais divertido, sensível e muito emocionante com um final triste, cativante e muito bem escrito.  Posso até dizer que é um livro ostentação de uma sociedade muito rica.

Primeiro livro do autor que não é um dos meus favoritos mas indico para aqueles que gostam de conhecer e saber de outras décadas e de como a sociedade foi construída.

São 141 páginas que vale a pena ler, com um preço para livro físico acima da média para o orçamento mas muito bom para livro digital.

Espero que tenham gostado.

Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *