O jardim secreto de Eliza – Kate Morton

Um jardim que com certeza te encantará.

O jardim secreto de Eliza no Comenta Livros

Primeiro livro que leio dessa autora de tanto sucesso e não me decepcionei. Acredito que até esperei muito para ler pois imaginava algo chato. Que bom que cada página calou minha boca.

A capa me chamou muito a atenção e as 560 páginas pensei que demoraria uma eternidade para ler. E demorei mesmo, porque é um livro lindo, sensacional. Escrito de uma forma tão sutil, palavras fáceis, com muita cultura, informações de um século passado. E o mais legal: assuntos que estamos acostumados ou já ouvimos falar alguma vez.

Juntos iremos com Nell descobrir o motivo dela ter sido abandonada num navio aos 4 anos, apenas com uma mala que continha dentro um livro de estórias infantis, um pouco de dinheiro. Nesse dia uma mulher que a levou até lá, jurou que voltaria, mas não apareceu e então Nell chegou na Austrália sozinha!

Lá não falou seu nome ( essa mulher que ela chamava de Autora, pediu para que ela não falasse seu nome para ninguém e ficasse quieta e escondida), mas o administrador do porto, ficou com pena e tentou por algum tempo fazer buscas quanto a sua origem. Tudo em vão. Quando percebeu Nell fazia parte da sua família, da sua vida e não a entregaria para ninguém.

Passados longos anos, Nell decide investigar quem eram seus pais, como ela foi parar lá e a razão de tudo isso. Essa parte do livro nos prende muito a atenção porque passado e presente começam a se intercalar e fica muito interessante. É a hora de prestar muita atenção, qualquer detalhe perdido, a estória ficará sem sentido.

O mais interessante nesse contexto é exatamente a formação de uma árvore genealógica na vida de Nell e de toda a sua família que foi formada após seu casamento. Sensacional, você precisa pegar papel e caneta para anotar tudo.

Cada canto que Nell visitou , cada informação obtida, vamos investigando e já formando nossa opinião.  Ela foi em busca da sua estória seguindo pistas que estavam naquele livro de estórias infantis que comentei lembram? Na mala.  Nada foi fácil, mas aos poucos o mistério ia se revelando.

Após alguns acontecimentos bem tristes, anos depois, sua neta Cassandra segue os mesmos passos da avó, tentando dar um pouco de calma e paz para a alma de Nell. Cassandra faz tudo com a ajuda de amigos e embarca sozinha no mistério que rodeia sua família.

Aliás um comentário a parte, Cassandra foi deixada ainda pequena pela sua mãe na casa da sua avó. Sua mãe era uma desmiolada, digamos assim, mas valeu a pena pois sua avó foi a mãe que ela queria há muito tempo. E uma foi descobrindo o que dava mais prazer na companhia da outra e formaram uma relação muito especial.

Nas investigações de Cassandra pela origem de sua avó se viu diante de um chalé  em ruínas, um jardim secreto, temido pelos habitantes locais devido fatos trágicos que aconteceram um século antes. Esse lugar esconde a verdade e a conexão com sua avó e ela tentará descobrir esse mistério. Além disso, pessoas entram em sua vida, através da sua avó e mais uma vez, ela percebe que não está sozinha e tudo tem um propósito.

Um livro lindo, com personagens fortes, fatos de uma época que estudamos ou conhecemos, uma Londres fria e chuvosa e uma Nova York despontando para o mundo.

Um mundo de artistas com pintores, escritores, a arte em primeiro lugar.

Lindo, com um final espetacular e eu envolvida até o pescoço com a investigação, na qual segui um caminho com a certeza de ter feito tudo certo, mas faltando poucas páginas para o término, me mostrou a verdade que estava embaixo do meu nariz e eu não enxerguei, assim como Cassandra.

Não tem como não ler, comprem, seus filhos podem ler e depois comentem aqui o que acharam.

O preço para livro físico tem várias promoções em algumas lojas e para livro digital uma pechincha.

Curtiram o comentário? Vou adorar receber suas curtidas.

Espero que se encantem por essa estória, assim com fiz nos poucos dias que li esse livro.

Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *