O menino que olhava para o céu – Hugo Fabricio de Medeiros

Um conto infantil para crianças ou para um adulto-criança!

Conto Infantil no Comenta Livros

Seu filho ou filha merece conhecer essa linda estória de um menino que olhava para o céu e um belo dia construiu um foguete na escola e foi muito zombado pelos seus coleguinhas pois algo deu errado. Lógico que era um foguete de papelão, mas na sua fantasia, um foguete de verdade.

Sua persistência, determinação o fizeram acreditar que poderia fazer novamente mesmo com tantas dificuldade e após tentar, viajou para o céu com seu grande foguete. Seus coleguinhas adoraram, foi muito aplaudido! Quanta imaginação.

Fantástico, com 47 páginas que me encantaram com suas figuras e mostraram que não podemos desistir  daquilo que acreditamos e o principal: estudar é o melhor caminho para realizar nossos sonhos.

Final lindo, capa fofa e ainda tem dicas para ajudar seus filhos ou filhas.

Preço muito bom para livro digital.

Seus pequenos gostaram? Contem para mim.

Vou encerrar o comentário com uma frase do livro para reflexão:

“…E talvez uma das maiores lições para os crescidos seja mostrar que amadurecer não significa desistir dos sonhos, mas saber que precisamos partir para ação e ser protagonistas de nossos projetos, nossa vida.”

Boa leitura!

4 pensamentos em “O menino que olhava para o céu – Hugo Fabricio de Medeiros”

  1. I simply want to tell you that I am beginner to weblog and definitely savored this page. Probably I’m want to bookmark your blog . You amazingly have exceptional article content. Thanks for sharing with us your web-site.

  2. Thanks for the tips you have provided here. One more thing I would like to mention is that laptop memory requirements generally increase along with other breakthroughs in the engineering. For instance, as soon as new generations of processors are introduced to the market, there is usually a matching increase in the shape demands of all computer system memory plus hard drive room. This is because the application operated by these cpus will inevitably boost in power to leverage the new engineering.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *