O estranho caso do cachorro morto – Mark Haddon

O estranho caso do cachorro morto no Comenta Livros

Um livro lindo contado através dos olhos de Christopher, um adolescente autista de 15 anos, que tenta se encaixar numa sociedade  que não o entendia e numa família não preparada para criá-lo.

Christopher te ensina a olhar o mundo e as pessoas de uma forma diferente, pois ele não mentia e não gostava que mentissem para ele, além de não gostar de amarelo, marrom, adora matemática, listas, padrões. E o mais incrível é que não gosta de ser tocado por ninguém, seu pai tem um jeito de fazer isso com ele e assim segue o livro todo.

Quer ser um astronauta e viver longe de todo mundo apenas na companhia de seu animal de estimação: um rato.

Ler maisO estranho caso do cachorro morto – Mark Haddon

Vulgo Grace – Margarete Atwood

Vulgo Grace em Comenta Livros

Um livro que todo mundo comenta e que tem até série. Fui correndo ler e gostei bastante.

Interessante é que a capa me assustou um pouco mas o conteúdo é espetacular.

Um caso no Canadá na década de 1840 onde vimos a trajetória de Grace Marks condenada a prisão perpétua pois ajudou James a matar seu patrão e a governanta, que na verdade era sua amante, Nancy.

Ler maisVulgo Grace – Margarete Atwood

O assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie

O assassinato de Roger Ackroyd no Comenta Livros

Sou fã dessa autora e já divulguei alguns  livros aqui e esse mais uma vez me surpreendeu.

Acompanhamos o caso de assassinatos numa cidade onde o detetive mais famoso do mundo Hercule Poirot estava aposentado, curtindo sua pacata vida quando se viu envolvido nesses crimes.

Tudo começa com a morte de um cidadão que pode ter ingerido um veneno, depois sua esposa falece misteriosamente e em seguida Roger Ackroyd é esfaqueado com uma relíquia em sua própria casa.

Suicídio no primeiro assassinato? Vingança no segundo?

Ler maisO assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie

Enquanto você dormia – Anne Holt Muller

Enquanto você dormia no Comenta Livros

Um livro intrigante, tenso, com momentos críticos que te levam ao desespero de nunca terminar. É exatamente essa a sensação.

A princípio parecia uma estranha convivência com a perturbada Brittany e Elena. A mesma pessoa, numa cidade pacata e acolhedora. Será?

A escritora cruzou uma linha perigosa entre o psicológico e o lunático. Em alguns momentos, as personagens (Britt/Elena) ambas chatas , com personalidades diferentes como por exemplo, uma era mais tímida e a outra mais impulsiva.

Seu envolvimento com Michael, seu chefe, foi algo diferente e assustador, principalmente no final do livro.

Ler maisEnquanto você dormia – Anne Holt Muller