Senhora – José de Alencar

Um romance do século XIX.

Jose de Alencar no Comenta Livros

Um livro muito importante na época do vestibular, já li duas vezes e cada vez que leio tenho uma percepção diferente.

José de Alencar destacou-se como um grande romancista de nossa literatura, além do romance urbano Senhora, publicou outras tendências de romance, como o romance indianista Iracema e o romance regionalista O gaúcho. Além de escritor, foi também crítico teatral e político. Morreu aos 48 anos em 1877, na cidade do Rio de Janeiro. Continue lendo “Senhora – José de Alencar”

Redação ENEM 2017 – ENEM 2017

Um livro que te ajudará no vestibular!

Redação no Comenta Livros

Resolvi ler esse livro porque de uma certa forma me ajuda muito e também para os estudantes em busca de um vestibular perfeito.

Livro bem técnico, mostra o que acontece nas redações, critérios de avaliação, como criar um texto objetivo, de acordo com o tema, proposta e o que tem que compor o texto. Continue lendo “Redação ENEM 2017 – ENEM 2017”

O cortiço – Aluisio Azevedo

Uma obra que sempre cai no vestibular!

Aluisio Azevedo no comenta livrosMais um livro que sempre é tema de vestibular . Demorou um pouco seu comentário, mas aqui está.

Na época que fiz vestibular (faz tempo) já havia lido e sinceramente até que gostei, mas agora, Senhor, não via a hora de acabar a leitura. Continue lendo “O cortiço – Aluisio Azevedo”

Vidas Secas – Graciliano Ramos

Mais um livro de vestibular..

vidas secas no comenta livrosFoi a primeira vez que li esse livro e a obra do autor e achei bem interessante.

Lógico que para o estudante de vestibular, mais uma vez, deve ser chato, porque foi escrito em 1938, tem palavras difíceis, mas como venho de família nordestina, até me familiarizei com o vocabulário.

Continue lendo “Vidas Secas – Graciliano Ramos”

Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis

Mais um livro de vestibular!

brás cubas no comenta livrosNunca tinha lido esse livro, nem na época do vestibular. Gosto de Machado, mas esse livro particularmente achei cansativo, não via a hora de acabar.

Lógico que para a época foi um marco, Brás contar suas estórias depois de morto. Mas agora lendo pareceu sem graça. Ele ironizava a sociedade brasileira e seus costumes. Conta pouco da sua infância, fala muito sobre casamento arranjado, política e futilidades da sociedade rica. Continue lendo “Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis”