O menino da lista de Schindler – Leon Leyson , Marilyn J. Harran , Elisabeth B. Leyson

O menino da lisa de Schindler no Comenta Livros

Maio chegou, mês do meu aniversário e queria algo bem legal para essa segunda-feira.

Então cheguei a conclusão que o livro que vou comentar serve para adultos e adolescentes.

Não acreditei quando finalmente chegou a hora de iniciar a leitura, pois o mesmo é campeão de vendas até hoje.

Colocarei o resumo da vida desse guerreiro para em seguida contar sobre o livro.

Leon Leyson (1929-2013), nome judeu verdadeiro, nasceu a 15 de setembro de 1929, em Narewka, uma cidade a nordeste de Varsóvia.

Após a Segunda Guerra Mundial, passou três anos num campo de refugiados perto de Frankfurt, na Alemanha.

Partiu para os Estados Unidos em 1949, onde se radicou. Alistou-se no Exército durante a Guerra da Coreia e mais tarde tornou-se professor de artes industriais no ensino secundário em Hunting Park, na Califórnia, profissão que exerceu durante 39 anos.

Foi distinguido pela Universidade Chapman pelo seu trabalho de educador e na sua qualidade de testemunha do Holocausto.

Faleceu no início de 2013, um dia depois de entregar o manuscrito final deste livro.

Já deu para sentir como o livro é não é mesmo?

Sim fala sobre os dias durante a guerra dos nazistas e como sua vida foi despedaçada com mortes, fome, frio, humilhação entre tantas atrocidades.

Ele conta como vivia tranquilamente num vilarejo com seus pais, irmãos e amigos e de repente chegam os nazistas e tudo muda.

Ele ainda era uma criança e viu tanta coisa, que nem podia imaginar. Seu pai trabalhava numa cidade vizinha e antes da guerra imaginava que podia dar o melhor para sua família.

Tudo é contado de forma deliciosa de ler apesar do tema tão pesado.

Um dos pontos altos do livro é quando ele encontra Oskar Schindler que transformou a vida de todos. Vocês lembram do filme? Para quem não viu vale a pena  e se chama “A Lista de Schindler”.

Dias de tanta fome e crueldade e com tudo isso Leon superou sempre acreditando que tudo seria melhor e não esquecendo de sua família.

Quando tudo acaba, vai para um novo local e sua vida dá uma guinada como se o destino lhe desse uma segunda chance.

Depoimentos no final fazem a diferença e vale a pena cada página de um homem que soube viver cada dia mesmo diante de tanta dificuldade.

São 256 páginas com uma capa que é a realidade do que ele viveu e o preço para livro digital e físico estão excelentes.

A capa quando você ler o livro entenderá o seu significado.

Ao invés de achar a nossa pandemia é a pior coisa, é sim, mas leia e veja o que um indivíduo e todos os seus seguidores fizeram com milhões de vida.

Até o próximo comentário.

 

Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: