1984 – George Orwell

Olá leitores hoje mostro para vocês o que achei deste livro tão divulgado e comentado na internet.

Li o livro A Revolução dos Bichos do autor (link no final do comentário) e gostei muito, porém este em certos momentos achei cansativo.

Indicado pelo meu irmão como uma leitura sensacional fiquei imaginando se perdi algo do contexto.

Polêmico, contextual, contraditório, atual e irreverente fazem da leitura uma viagem a política, partidos, seitas, loucura e muita violência.

Publicado em 1949 viajou pelo tempo através de traduções em diversos países, filmes, debates e tudo mais.

Um livro que me jogou para uma época distante, porém ao mesmo tempo mostrando-me a nossa atualidade.

Conheceremos Winston e sua vida chata numa cidade submetida a uma ideologia de um partido ridículo e suas ações.

Ele só tinha liberdade de pensamento e olhe lá. Tudo era controlado e vigiado principalmente por uma tela que seria de uma televisão. Muito interessante a descrição de uma tecnologia destrutiva e controladora.

Romances, contatos, novos pensamentos era tudo proibido. Tinha que adorar o Partido e seu criador.

Winston aos poucos abrirá a sua mente e divagaremos em suas ideias e opiniões até que ele encontra uma mulher que tem o mesmo pensamento. Mais jovem e com muita vontade de revolucionar mostrará a Winston algumas situações e diferentes pontos de vista.

Tudo naquele país ou lugar era em favor do Partido e se você não estivesse alinhado as regras impostas, você sumia de uma forma ou de outra.

Pessoas inteligentes eram bem aproveitadas para estudos, mas se saíssem da linha algo acontecia.

Um livro que mostra muito sobre o nosso momento político e toda sua loucura e adoração sobre um governo corrupto e inconsequente, além de assassino. Assim era também o local de Winston.

Liberdade de expressão não existia, a comida era controlada e horrível e todos usavam uniforme e trabalhavam nos locais que o Partido indicava além de outras barbáries.

É até complicado e difícil de comentar porque me agregou pouco, mas por outro lado fiquei encantada como o escritor era iluminado e diferente por contar histórias tão fortes e marcantes.

Do meio da história Winston e sua companheira são descobertos e já estaremos vendo sua tortura inclusive sendo obrigado a fazer uma lavagem cerebral que ao mesmo tempo te prende, mas te enoja.

Um mundo de caos e controle que ninguém deseja viver e o mais interessante de tudo é que em certos momentos você fica pensando na sua vida atual e não tem como não fazer uma comparação. Em termos de violência é igual ao nosso mundo infelizmente.

Tem 352 páginas, preço muito bom para livro digital e físico e capas variadas dependendo da edição.

O que posso comentar do livro é que é uma história que deveria ser lida pelo menos uma vez na vida e discutida de forma inteligente sem radicalismo.

Se você leu o livro deixe seu comentário e não esqueça de curtir e seguir o blog.

Até o próximo comentário.

Link do outro livro do autor.

A revolução dos bichos – George Orwell

Podcast 1984

Descontos especiais para você.

https://acesse.vc/v2/221effc69d9

%d blogueiros gostam disto: