Abominação – Gary Whitta

Esse livro me encantei com a capa e o título e comprei na Dark Side Books e não me arrependi.

O livro tem 316 páginas, capa dura, a diagramação perfeita interna e aquele cheirinho de livro encantador.

Gary é autor também de Star Wars: Rogue One e esse foi seu primeiro romance, mas que não considero romance, considero um livro de fantasia, magia e terror.

Ele se passa a partir do ano de 888DC no reino de Wessex (quem assistiu Vikings saberá do que estou falando) com Alfredo, o Grande, batalhando com os nórdicos.

Muito bem até aí estava gostando, pois um religioso descobre alguns pergaminhos onde contém algo espetacular após algumas traduções. Só que esse algo espetacular seriam feras, abominações que derrotariam os vikings nas infindáveis batalhas.

Alfredo não gosta do que vê, pede para parar as experiências e prende o mesmo. Só que o religioso aproveita a oportunidade e foge da cadeia transformando várias pessoas em monstros a fim de montar um exército. Mas ele não percebe que está destruindo além de vidas, vilarejos, cidades, pois essas feras não tem controle.

Alfredo desesperado por capturá-lo, chama de volta seu amigo e fiel escudeiro da sua guarda Wulfric que monta um exército para acabar com as feras.

O livro está interessante, mas os vikings já não aparecem focalizando apenas nas criaturas criadas, jorrando sangue negro, matando, acabando com tudo e todos.

Wulfric acha o religioso, mas antes de morrer ele lança uma maldição transformando Wulfric numa fera para toda a vida.

Lógico que Wulfric não sabia disso e só descobriu na noite que voltou para sua casa e conheceu sua filha, pois quando ele saiu em batalha sua esposa estava grávida. Após comemorarem e descansarem, acorda no dia seguinte nu e com o povoado, esposa e filha mortos.

Com medo de represália do rei e sem entender o que tinha acontecido foge sem deixar rastros.

Até aí foi legal, mas passaram 15 anos e ele continuava homem de dia e fera a noite (parece algo conhecido?) até que uma menina muda de vez o seu destino inclusive revelando algo que o faria lutar por sua vida e quem sabe dominar a fera que existe dentro dele.

Foi interessante, nada espetacular, mas que me prendeu e o final foi algo que eu não imaginava.

Está bem elaborado, mas os vikings que eu esperava mais história não aconteceu, o que houve com o rei não foi bem explicado e uma magia no final do livro também ficou solta no ar.

No mais o livro é bom, vale a pena ler algo diferente do que lemos normalmente.

Se você gosta de magia, segredos, guerra, feras, sangue negro é o livro certo.

Ele é um pouco caro, mas de vez em quando vale a pena nos presentear.

Até o próximo comentário e não esqueça de curtir, compartilhar e seguir o blog.

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: