Beethoven e o Telessexo – Manoel Herzog

Nesta edição do nosso Contém um conto, trazemos uma história de Manoel Herzog, presente no livro Ode ao bidê e outros contos.

Manoel Herzog nasceu em Santos, São Paulo, em 1964. Criado em Cubatão, trabalhou na indústria química e se formou em direito.

Estreou na literatura em 1987 com os poemas de Brincadeira surrealista. Entre outros livros, é autor dos romances. Os bichosCompanhia Brasileira de AlquimiaO evangelista e do livro de poesia A comédia de Alissia Bloom, terceiro lugar no prêmio Jabuti. Pela Alfaguara, publicou os livros A jaca do cemitério é mais doce e Boa noite, Amazona.

Um conto bem curto, mas muito interessante pois temos um homem que liga para um serviço de telessexo para escutar e solicitar uma voz de uma mulher de uma certa etnia para satisfazer seus desejos mais primitivos.

Após conseguir esta mulher, ficam no telefone por alguns minutos, pois a ligação é bem cara.

Beethoven, nosso personagem, percebe o quanto o relacionamento é fútil desta forma, longe do que as pessoas desejam e fica “surdo” diante desta porcaria, segundo suas conclusões.

Interessante e reflexivo pois as pessoas nem sempre estão preparadas ou querem alguém ao seu lado e recorrerem a muitas coisas para satisfazerem seus desejos, mas no final de tudo, permanecem vazias e sozinhas.

Talvez seu final fique meio solto, mas acredito que o autor quis deixar uma mensagem, uma reflexão, algo assim.

Gosto quando acontece isso pois tem várias possibilidades.

Até o próximo conto!

Redes Sociais

3 thoughts on “Beethoven e o Telessexo – Manoel Herzog

  • 29/09/2020 em 10:33
    Permalink

    A satisfação e momentânea, dps a solidão se faz companheira..deve ser mto triste agir desta forma…acho que no final do livro varias reflexões sobre a questão pairao sobre nossas mentes!
    Bom dia …fica c Deus!
    Abraço

    Resposta
    • 29/09/2020 em 10:56
      Permalink

      com certeza, pessoas assim merecem ser felizes, mas nem conhecem muitas vezes.
      Fica com Deus.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: