Cavalo de Tróia – Hermon – volume 6 – J.J. Benítez

CAvalo de Tróia 6 no Comenta Livros

Estava louca para ler esse livro e dessa vez fiquei muito encantada e intrigada com as conversas entre o Major e Jesus Cristo.

O livro começa com o Major falando um pouco da sua experiência com a viagem no tempo, explicando de forma bem técnica novamente, portanto,  me cansando, pois queria ir direto para os diálogos.

Ele comenta muito sobre o que os apóstolos, cada um à sua maneira, distorceram as palavras e ensinamentos de Jesus e isso ocasionou uma visão distorcida dos fatos até hoje. Imagina que nós talvez tenhamos aprendido uma coisa, quando na verdade é outra completamente diferente.

A distância que os apóstolos deixaram para contar fatos sobre Jesus, foram bem espaçadas, cerca de 30, 40 anos e depois da morte dele foi que se lembraram de contar alguma coisa. Será que a memória deles era tão boa assim? Será que fatos não foram modificados? Fica aqui uma reflexão.

Esse assunto é muito chato até porque o Major fica várias páginas falando disso, imaginando teorias e quando chega o grande encontro com Jesus, foi quase no final do livro. E de uma certa maneira rápida demais.

Não posso deixar de comentar que cada salto que eles dão no tempo, acaba danificando um pouco mais o cérebro e cresce a preocupação  constante entre eles.

Tem passagens bem interessantes antes do grande encontro,  como a verdade sobre o DNA de Jesus, a explicação da concepção dele, a visita do Major no túmulo de José, pai de Jesus e Amó, um irmão de Jesus que morreu.

Essa parte foi de tirar o fôlego pois ele não podia ser visto, uma vez que estava violando um tumba e jamais poderia deixar rastros de sua presença para não alterar os fatos históricos.

Até o grande encontro o Major passa por vários obstáculos, tem sonhos estranhos que parecem realidade, mas ele não soube explicar, preferia acreditar que era uma intervenção divina de alguma forma.

A partir do grande encontro até o final é de arrepiar pois Jesus além de reconhecê-los ainda fala muitas coisas, que estão muita além da nossa compreensão.

Será que Deus existe? Como ele é? Jesus conta um pouco, pois diz que precisamos evoluir.

Assuntos como a morte, a entrega da vida nas mãos de Deus e a missão de Jesus são transcritas de uma forma difícil de interpretar e quando chega o final e acontece a despedida deles, fiquei muito mexida e pensei em vários assuntos e situações durante toda a minha vida.

Não vou comentar mais nada até porque vocês precisam ler para entender o que estou falando e sentir esse arrepio, essa energia quando você imagina o olhar penetrante DELE transmitindo tanta paz .

Agora vamos em busca do volume 7 e de novas aventuras, mas vou demorar um pouco porque ainda estou incomodada com tudo e preciso digerir para enfrentar com o Major e seu fiel escudeiro outra situação ou outro encontro.

Deixarei aqui uma mensagem que ficou forte para mim:

“Jesus de Nazaré não pregou, nem propagou uma religião tradicional, mas um estilo de vida”.

Foi bem difícil de achar esse livro, quase desisti, mas baixei em pdf com umas letras horríveis. Porém, vi que num grande site de livros tem mas está bem caro.

Espero que tenham gostado.

Até a próxima leitura.

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: