O cortiço – Aluísio Azevedo

Aluisio Azevedo no comenta livros

Mais um livro que sempre é tema de vestibular. Demorou um pouco seu comentário, mas aqui está.

Na época que fiz vestibular (faz tempo) já havia lido e sinceramente até que gostei, mas agora, Senhor, não via a hora de acabar a leitura.

Foi publicado em 1890 e é considerado uma obra-prima do Naturalismo no Brasil. Aluísio trouxe no ambiente do Cortiço problemas sociais urbanos da sociedade na época.

Esse Naturalismo é característico com várias etnias juntas convivendo no mesmo espaço, vivendo problemas, mas com abertura para o romance.  Além da degradação mediante a tantos problemas e situações.

Questões sociais como álcool, pobreza, prostituição, homossexualismo. adultério, corrupção, além da exploração de pessoas por alguém que enriquece as custas delas, também merecem destaque.

João Romão é um personagem muito forte, central, que enriquece de uma forma muito rápida, porque explora as pessoas. Invejoso, vê em Mirando seu principal oponente e inimigo. Essa relação melhora um pouco, mas João Romão muda muito as características do Cortiço, dando inclusive o seu nome para a estalagem.

Há também aqueles moradores com menor ambição financeira. Destacam-se Rita Baiana e Capoeira Firmo, Jerônimo e Piedade. Um exemplo de como o romance procura demonstrar a má influência do meio sobre o homem é o caso do português Jerônimo, que tem uma vida exemplar até cair nas graças da mulata Rita Baiana. Opera-se uma transformação no português trabalhador, que muda todos os seus hábitos.

Ainda tem uma traição muito grande com o suicídio de uma personagem bem marcante.

Enfim o Cortiço retrata isso, com um final marcante, nas suas 160 páginas mostrando que os problemas que esse autor escreveu nos acompanha até hoje.

Aluísio na época chocou muito a todos, mas outras obras foram até mais chocantes do que essa.

Vale a pena ler para sabermos como era nessa época e porque os personagens são muito bem construídos, marcantes, com objetividade e cada um bem original para a época.

Prestem muita atenção nos episódios que falam de romance porque para cada personagem tem uma caracterização e um entendimento.

Leiam e se cair no vestibular boa sorte!

Gostaram? Deixem o comentário aqui.

Boa leitura!

 

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: