Textos da Dri – A dor de Sebastian

Hoje quero falar um pouco sobre o que está acontecendo com Sebastian, meu gato idoso e o rei da casa.

Há mais de 4 anos, infelizmente, Sebastian adquiriu um estresse muito grande ao ver outro gato, mesmo que seja pela janela da minha casa. Como moramos num condomínio, alguns moradores irresponsáveis deixam seus bichos soltos e consequentemente a população felina aumenta, porém na hora de cuidar, ninguém quer.

Então imaginem o que acontece com esses gatos na rua correndo riscos e fazendo xixi em jardins, postes, carros, portas das casa, uma vez que não há portões.

Tudo isso foi acumulando em Sebastian e ele adquiriu o péssimo hábito de fazer xixi nas portas de casa e vomitar quando fica muito nervoso com a presença, mesmo que de longe, de outros gatos.

Identificamos essa mudança de comportamento e estamos dentro das nossas possibilidades e limites, distraindo quando percebemos gatos na rua, dando biscoitinhos ou brincando com ele e em paralelo, espantando os gatos da frente da nossa casa. Assim, Sebastian não vomita. Seus vômitos fazem com que a creatinina do seu corpo suba em valores bem altos e como um doente crônico renal temos que tomar atitudes doloridas como remédios que ele odeia, fora a dificuldade em dar na sua boca, ele fica muito bravo.

Lógico que diante disso, achamos uma farmácia de manipulação para pets e fizemos comprimidos que misturamos na sua ração úmida com sabores que ele ama como salmão, carne, frango. Ponto para nós!

Sebastian Mellado

Ele está sendo monitorado por uma veterinária fofa onde juntos buscamos o melhor para ele. Tudo é anotado e discutido.

Hoje por exemplo acordou muito cedo, ficou agitado, fez xixi em alguns locais e me deixou triste e estressada também. Não quero ficar limpando xixi ou vômito, afinal, sempre queremos nosso bichinho muito bem. Estou desanimada pois parece que não tenho mais alternativa, fico impotente diante de tal situação.

Amanhã será dia de seu exame de sangue que tentaremos novamente fazer, uma vez que sábado passado ele não deixou. Então, até amanhã ficarei apreensiva e na expectativa de que tudo dê certo, pois essa semana ele vomitou e rezo para que não haja alteração no resultado do seu exame.

Enfim, entre florais, calmantes homeopáticos e muita paciência fazemos o meu melhor até o último suspiro dele, porém sei que ele não aguentará tanto tempo esse estresse e fico aqui pensando o que farei para que passe seus dias mais felizes e tranquilos.

Agora, estamos aqui eu na poltrona e ele no seu puf olhando a janela, tranquilo como tem que ser. Não sinto raiva dele, sei que não faz de propósito e peço a DEUS que me conceda mais paciência pois ainda somos humanos e necessitamos de evolução para sairmos juntos dessa.

Por isso o Textos da Dri de hoje é sobre essa situação tristinha do meu Sebastian, cuja alegria fica sempre em segundo plano pois somente deseja proteger sua casa e seus donos e sei que uma hora farei alguma escolha que o ajude a ser mais tranquilo, claro, sem abandoná-lo, NUNCA faria isso, pois ele é o nosso ser de luz, nossa bola de pelos, nosso amor.

Quando tivermos mais noticias trarei aqui pois assim desabafo com vocês. Isso faz muito bem para minha alma.

E vocês tem algum pet com essa situação? Deixem seus comentários.

Até o próximo Textos da Dri.

Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: