Ela não é invisível – Marcus Sedgwick

E mais uma sexta-feira chegou! Aproveito para comentar um livro inusitado e com um aprendizado em todo seu contexto.

Esse livro tem boas avaliações em alguns sites, então resolvi ler.

Laureth é uma garota de 16 anos, deficiente visual , seu pai um escritor famoso e sua mãe uma enfermeira. Ela tem um irmão, Benjamim de 7 anos que tem um poder interessante e devastador ao mesmo tempo.

No começo sua mãe nem ligava para eles saía para trabalhar e largava Benjamim sozinho nos dias de semana e aos finais de semana com Laureth.

Seu pai vivia viajando pesquisando temas e histórias para os próximos livros.

Um belo dia Laureth percebe que seu pai não atende as ligações, não responde e-mails e fica muito preocupada. Quando ela comenta com sua mãe, a mesma ignora e diz que nada aconteceu, que está tudo bem.

Imaginando que o casamento não está aquelas coisas, Laureth fica intrigada e insatisfeita com a resposta de sua mãe, mesmo porque seu pai está em busca de uma história para escrever um livro que fala sobre coincidências. Aliás ele está ficando louco por conta disso.

No dia seguinte uma mensagem de e-mail chega para seu pai informando que uma pessoa está com seu caderno de anotações em Nova Iorque. Essa pessoa pretende devolver mediante pagamento de recompensa. Quem está lendo os e-mails de seu pai é Laureth que fica apreensiva com o que lê.

Laureth não pensa duas vezes em ir até lá para descobrir o que aconteceu com seu pai.

Com a ajuda de Benjamim ela faz a viagem sem sua mãe saber e vão para Nova Iorque.

Aí a aventura começa com momentos chatinhos pois Laureth é muito teimosa e acho que em alguns momentos ela ficou cansando seu irmão e parecia que a história não andava.

Cada hora acontecia um imprevisto onde Laureth, sozinha, numa grande cidade não conseguia encontrar seu pai.

Uma coisa que não gostei foi como ela pegou cartão de crédito de sua mãe e fez as comprar das passagens, sacou dinheiro e sua mãe não descobriu, quer dizer, só muito tempo depois. Poderia ser melhor abordado no contexto.

Depois de sua chatice, melhora no final do livro quando teve um pouco de ação e foi bom, nada espetacular.

Um ponto positivo foi mostrar como uma pessoa com alguma necessidade especial consegue viver e fazer tudo normalmente.

E ainda teremos uma explicação interessante sobre coincidências.

Tem 256 páginas com uma capa linda, preço ótimo para livro digital e bom para livro físico.

Espero que tenham gostado.

Não esqueçam de curtir, compartilhar e seguir o blog,

Até o próximo comentário.

Quer ouvir o podcast?

Podcast Ela não é invisível

Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: