O Código do Apocalipse – Adam Blake

O código do apocalipse no Comenta Livros

Novamente embarco nessa aventura emocionante, uma caça de gatos e ratos com Heather, Tillman e  outros personagens sobre o Povo de Judas.

O primeiro livro nos mostra o quanto foi difícil, cansativo, com mortes e o que custou para Heather. Deixarei o link no final do comentário, pois um interliga o outro.

Agora, acabada, sem pai e vivendo um romance com Izzy, percebemos ela se enterrar a bebida até receber o telefonema misterioso que mudará a sua vida.

Ao chegar num Museu apenas para investigar uma possível morte de um curador, novamente o Povo de Judas estará presente. A vida de Heather e todos que estão ao seu redor corre um sério risco.

Vimos um povo mais lunático que o livro anterior, correndo atrás de uma profecia há mais de 3000 anos escrita por um louco, digamos assim.

Lendo as 464 páginas, vamos tentando decifrar a profecia através de uma cópia de um livro velho, já que o original foi queimado num incêndio, com pessoas se unindo para acabar com o grande mal que pode matar a humanidade. Isso resulta em aquele que leu ou procurou esse livro é morto.

O primeiro livro foi muito mais interessante, mas esse tem todo um mistério, um misticismo interessante e uma adrenalina a partir da metade do livro que você não consegue parar de ler.

Você vai junto com eles na busca de salvar o mundo, decifrando os códigos, interpretando os sinais até chegar no local fatídico: aquele da destruição final.

Está bem escrito, te prende,  mas o final achei bem sem graça, parecia que o escritor queria acabar logo e em alguns momentos os detalhes foram desnecessários para a cena.

Fiquei até agora sem saber o que foi feito do Bem Rush, não ficou claro e o final de Tillman e Diema, foi inesperado e sem graça nenhuma.

Enfim, vale a pena ler pela continuação, pelos escritos sobre o Povo de Judas, que imagino que existam, porque não, pela adrenalina investigativa e pelo fanatismo das pessoas levando qualquer um a um lugar sombrio e sem volta.

A capa é sem maiores extremismos e o preço para livro digital está ótimo, ficando caro para livro físico.

E você já leu? O que pensa sobre isso? Deixe seu comentário aqui, siga o blog, curta, compartilhe. Ficarei muito feliz.

Manuscritos do Mar Morto – Adam Blake

Até o próximo comentário.

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: