O Zahir – Paulo Coelho

O Zahir no Comenta Livros

Sou muito fã de Paulo e fico encantada a cada livro, mesmo faltando tantos para ler. Esse me surpreendeu com traços de humildade do personagem e não me surpreendeu com algumas colocações sobre o casamento, os relacionamentos em geral. Mas é a opinião de cada um e devo respeitar.

Achei um pouco difícil e não me encantou como os outros, mas não é ruim longe disso.

Comecei entendendo o que é Zahir e cheguei ao significado que é algo ou alguma coisa que fica martelando na sua cabeça 24 horas por dia.

Esther é o Zahir de Paulo, seu marido e ela desparece sem deixar rastro, sem se despedir, sem explicar o motivo.

Seu marido fica desesperado porque imaginava que tudo estava certo, eles se davam muito bem. Esther era sua força, seu pilar, ela ditava as regras de sua vida. Ela dizia o que fazer, incentivou a ser escritor, a fazer a peregrinação para Santiago, a acreditar mais nele e nos seus sonhos.

Com sua fuga, que no fundo ele sabia o motivo, tudo ficou a beira do caos. Ela não saía da sua cabeça. Essa parte do livro, ele detalha o sofrimento de perdê-la.

A policia acionada não descarta  nada, inclusive assassinato. Mas fica sem respostas.

E assim a história vai rolando até que Paulo descobre que Esther saia com outra pessoa e essa pessoa é bem mais nova que ele. Seu nome é Mikhail.

Paulo tem que passar por cima de seu orgulho e sua arrogância, usando de toda humildade para pedir ajuda a ele.

Como Mikhail é uma pessoa evoluída, diz que pode ajudá-lo levando até onde ela está, mas antes eles precisam fazer uma peregrinação.

Passam por cidades como Paris e acabam no Cazaquistão, terra de Mikhail É bem interessante essa parte porque Paulo fica questionando o que Esther viu nele e abre um parênteses na história, para voltarmos em histórias do passado, sobre as cidades e enfim Paulo começa a refletir sobre os problemas e respostas vão aparecendo.

Essas historias e situações estão com ele desde sempre e somente quando ele entende, tudo fica mais fácil de compreender.

Assim são as 330 páginas de um livro inspirador, mas que revoluciona sua cabeça e o que significa  o relacionamento com a palavra mais forte que é a humildade.

Um final interessante e até surpreendente de uma pessoa que ainda tem muito o que aprender e entender das pessoas e das mulheres. Diria, libertador.

Preço para livro digital e físico um pouco caro, mas em um Sebo de repente você acha mais barato.

A capa é interessante com cores fortes que me fizeram pensar o que seria o tema de mais um livro que te deixa instigado em ler e ao mesmo tempo em abandoná-lo.

Boa leitura.

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: