Textos da Dri – Meu anjo de luz

E a sexta chegou com mais um texto e dessa vez falarei um pouquinho do meu gato que vocês conhecem aqui do blog, Sebastian. Quis dividir o bem que ele me fez e faz todos os dias. Preparados? Então vamos lá.

Quando você chegou na minha vida eu estava na escuridão, triste, perdida e sozinha em meu mundo.

Eu tinha tudo: amor, casa, vida, mas faltava algo. Trabalhava meu interior para recuperar a sanidade.

Então, uma bolinha de pelo chegou em nossa casa, olhou para mim e escolheu me amar. Claro, você ama meu marido, mas eu sou seu “crush”, aquela que você olha e transmite tanto carinho, tanto amor, sua mãezinha.

Na hora que te encontrei não pensava que seria um amor tão forte, então aos poucos as trevas dentro de mim se apagaram dando lugar a luz.

Foi uma batalha longa, porém seu olhar, seu cheirinho e suas brincadeiras foram suficientes para meu sorriso retornar.

Lembra quando você não aguentava mais dormir no quintal sem a minha companhia? O que você fez? Subiu no telhado e fez barulho até que eu acordasse e te visse. Isso tudo as três horas da manhã!!!!

Na hora te coloquei para dentro, afinal estava frio e você ronronou e se aconchegou do nosso lado e nunca mais saiu.

Há quinze anos você me ensina tanta coisa como amar de forma mais pura,  respeitar limites e a ver o mundo de forma mais humana. Você me trouxe a luz!!!

Você é meu anjo que me acorda todos os dias às quatro da manhã, que morde meu marido, que tem ciúmes dele, que adora comer, fica bravo se não tem comida, brinca, reclama, adora dormir, ciumento e ama intensamente.

Sabe que você é assim como eu? Ou seria o contrário?

Obrigada por me ensinar tanta coisa, por ser meu filho, me amar e obrigada por ser eternamente meu anjo de luz!

Até o próximo “Textos da Dri”.

Adriana Mellado

Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: