De volta para mim – Carla Cicarino

Um dos livros mais enigmáticos, sensíveis e encantadores sobre animais que li nos últimos dias.

Fiquei muito curiosa pois sua capa é linda e pela quantidade de páginas imaginei que leria rápido. E esse rápido foi a coisa mais motivadora e realista que pude ler e agora quero compartilhar com vocês.

Quem tem um bichinho de estimação sabe o quanto amamos e quando o mesmo vira estrelinha (costumo falar assim) nosso mundo se acaba. Nosso companheiro, nosso filho não faz mais parte da família.

Acredito que alguém já passou por isso. Ainda não passei e nem quero pois meu idoso Sebastian tem 14 anos e apesar das suas traquinagens não me vejo sem seus pêlos ou seus miadinhos pela casa toda.

Mas enfim, Carla, uma veterinária nos conta como foi perder sua Meggy, uma linda cachorrinha e companheira de alma. Mas Meggy retorna como Sophie e então seu mundo fica de novo colorido.

Páginas e mais páginas de pura emoção, contado de forma tão sensível.

Se você não acredita nessas coisas é melhor nem ler para não interferir naquilo que não tem explicação.

Tudo é muito real, chega até arrepiar e já considero a Carla como uma iluminada por participar dessa experiência.

Se ficou curioso ou curiosa baixe o livro e me diga se não valeu a pena ler.

O preço está ótimo para livro digital e essa capa parece que estou no céu.

Espero que gostem.

Até o próximo comentário.

Redes Sociais

3 thoughts on “De volta para mim – Carla Cicarino

  • 02/10/2020 em 13:34
    Permalink

    Deve de ser mto lindo a história…eu particularmente não superei a perda da minha Leyde me sinto culpada nao estava proxima quando ela se foi…e sei que ela adoeceu por saudades
    Eles nos trazem mta alegria..verdadeiros amigos companheiros..so é ruim esse momento…eles deveriam ser eternos!!

    • 02/10/2020 em 13:54
      Permalink

      Nossa não deve ter sido fácil. O bicho do tio do meu marido morreu de saudades também.
      Esse livro é lindo, lágrimas brotam dos seus olhos, vale a pena.
      Não se culpe, tenho certeza que você amou muito seu bichinho.

      • 02/10/2020 em 14:26
        Permalink

        Se amei..e nao foi pouco nao..ainda nao superei por conta da culpa…era minha parceira doi so de falar…bj amiga

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: