Dia de Liberdade – Margarete Brito

Hoje comento um conto curtinho da nossa parceira Margarete Brito. Ela me encaminhou como brinde da nossa parceria.

Ele é bem curtinho, tem 12 páginas e está disponível na Amazon.

O enredo é sobre como a tecnologia e a vida moderna de muito trabalho atrapalha as relações humanas principalmente entre pais e filhos.

Todos estão num jantar num restaurante, pais, filhos, além dos avós e netos e quando percebem ninguém conversa, todos se distraem com alguma coisa.

Só após o comentário de um avô a seu neto, que ele fala ao seu pai que queria um dia de liberdade como seu avô teve um dia. Lógico que o pai e a mãe nem ligaram pois estariam bem atarefados naquele final de semana.

O menino ficou decepcionado e foi para seu quarto, mas seu pai, ao ler uma reportagem num jornal, percebe o quanto a sua vida foi boa longe de computadores, celulares, somente a natureza, as brincadeiras, a família na época eram importantes.

Nesse momento ele chama todos e fala que não terão um dia de liberdade mas uma semana e que cancelassem os compromissos. Nesse momento ninguém se cabia de felicidade e ansiedade.

O final foi sensacional e ficou a mensagem que devemos deixar a tecnologia de lado e olharmos ao nosso redor e dar valor a um abraço, um convívio, brincadeiras simples e gostosas.

Ficou curioso para saber mais? Leia e depois me conta o que achou.

Logo trarei outro comentário de seu livro que aliás está “rolando” um sorteio no Instagram que divulguei aqui na página inicial do blog.

O sorteio será dia 04/09 com direito a um livro físico autografado por ela! O livro será A Busca de Luna.

Participem e até o próximo comentário.

Redes Sociais

Aprova Cursos

Somos um portal que oferece cursos On-line/DVD.

Nosso foco é a preparação dos profissionais para o mercado de trabalho e na especialização em diversas áreas, com um atendimento personalizado ao aluno.

Clique no link e saiba mais!

https://acesse.vc/v2/2835d784b9d

2 thoughts on “Dia de Liberdade – Margarete Brito

  • 31/08/2020 em 14:42
    Permalink

    Obrigada pelo comentário, busquei trazer com esse breve conto um pouco da nossa dependência das tecnologias, mas que a vida pode ser além disso. Mesmo escrito em 2015, continua atual. Mais uma vez obrigada pelo espaço e dedicação por falar dessa história.

    Resposta
    • 01/09/2020 em 09:52
      Permalink

      Obrigada você pela confiança e o assunto é interessantíssimo pois será sempre atual.
      Temos que ter mais amor, união e família.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: