Mil beijos de garoto – Tillie Cole

Há tempos que queria ler esse livro pois suas avaliações são ótimas e a capa é linda.

Não lembrava da sinopse pois estava na minha biblioteca, então foi totalmente uma surpresa.

Tem 400 páginas e devorei num simples final de semana.

O casal Polly e Rune é simplesmente sensacional.

Se conhecem na infância, quando os pais de Rune deixam a Noruega para morarem nos Estados Unidos e se tornam vizinhos e desde então uma linda amizade e um amor surgem naturalmente.

Muitas aventuras e o tempo vai passando até que a grande amiga de Polly, sua avó, fica muito doente e a chama para uma conversa.

Polly ganha de sua avó um pote de vidro onde ela tem que colocar mil beijos do garoto que ama anotando nos papéis em formato de corações o local e a sensação que teve.

Tem toda uma história por trás disso e é lindo, só lendo o livro para saber.

Após a morte de sua avó, Rune fica mais junto de Polly do que nunca e tudo ia muito bem na vida deste casal até que chegamos a idade de 17 anos e Rune precisa retornar para a Noruega com sua família em virtude da transferência do trabalho de seu pai.

Pronto, começa o drama e muitas caixas de lencinho precisam ficar ao seu lado.

Mas Polly promete esperar Rune até que ele volte depois de algum tempo, Mas esse tempo passa por dois anos e Polly simplesmente deixa de responder as mensagens e ligações de Rune.

Será que o amor acabou? Por que ela fez isso?

Rune volta muito diferente daquele menino meigo, cativo, ele volta um pouco sombrio e em alguns momentos assustador. Problemas na família fazem parte do seu cotidiano.

Ao se reencontrarem Rune só quer saber o porquê da separação e o  motivo me deixou chocada!

A partir daí muita coisa acontece, muito drama, choradeira e esperança de viver um dia de cada vez.

Polly tenta achar dentro daquela escuridão de Rune o garoto pelo qual se apaixonou e pretende colecionar seus mil beijos.

Não posso comentar mais nada para não entregar o livro, só posso dizer que valeu cada página, cada choro.

O final é lindo e jamais imaginaria mesmo se passando dez anos.

Acredito que este casal ficará marcado na minha lembrança como um dos mais intensos e a força de vontade de Polly de viver e ajudar o seu viking norueguês são simplesmente a alma do livro.

Não posso deixar de comentar que Rune perdoará uma pessoa que lhe fez sentir um ódio por mais de dois anos.

O preço está ótimo para livro digital e bom para livro físico.

Espero que tenham gostado.

Até o próximo comentário.

Escute o podcast do comentário clicando abaixo.

Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: