Na riqueza e na pobreza – Ingrid Kethelen

Mais um desafio de comentar um livro com um tema bem interessante e extremo.

Começaremos com Sofia e Vitor recém-casados, naquela vida de convivência a dois.

Tudo parecia se engrenar apesar de brigas e acertos até que começam os obstáculos e desafios de uma vida a dois.

Sofia era uma mulher batalhadora, dona de si, que às vezes me pareceu arrogante, sempre falando para o Vitor que podia resolver as coisas pois entendia do assunto. A paciência e fé em Deus sempre foi marcante até o final do livro. Ela tem uma mãe companheira e compreensiva que sempre dá bons conselhos.

Na outra ponta temos Vitor um cara que pensa em crescer profissionalmente não medindo esforços para dar uma boa vida a sua esposa. Irritante na maioria das vezes, tem uma mãe que detesta Sofia, mas será decisiva no final do livro para uma certa situação.

De repente, um personagem Jonathas surge no enredo para atrapalhar a vida deles e cegar a visão de Vitor que passa a acreditar que ter um negócio próprio é o melhor remédio após o desemprego. Nisso entrega todas as suas economias, contrariando Sofia, e em pouco tempo perde tudo, inclusive a dignidade.

Se já eram frequentes as brigas, imagina agora com o aperto financeiro do casal e para ajudar uma surpresa acontece e tudo literalmente desmorona.

As posições se invertem onde temos agora uma Sofia chata, depressiva e instável e um Vitor companheiro que depois de tanto ser chato, desmotivador, encontra um caminho para colocar a vida do casal no eixo.

É um livro com 517 páginas com várias catástrofes acontecendo, dramas, relações interpessoais mas acima de tudo o casal superando mesmo que aos poucos as dificuldades e se reerguendo.

Em vários momentos a religião está presente nesse casal evangélico que se agarra a fé e a Deus para passar pelas dificuldades.

Muito positivo abordar assuntos que muitos casais passam e sobrevivem ou não, pois divórcios acontecem por dificuldades financeiras, mas temos que pensar que o amor precisa sobreviver na riqueza e na pobreza.

A escritora coloca também como os amigos as vezes tentando ajudar atrapalham com seus conselhos e a relação sogra e nora que foi um dos pontos altos do livro.

O final é bem real, de acordo com o que propunha a história e finalmente o casal naquela paz que imaginamos que acontece após dez anos de casados.

Vale a pena ler, refletir e deixar seu comentário sobre essa situação. Você suportaria tudo por um amor?

Preço muito bom para livro digital com uma capa bem condizente ao contexto do livro.

Não esqueça de curtir, compartilhar e seguir o blog.

Até o próximo comentário.

Quer ouvir o podcast?

Redes Sociais

2 thoughts on “Na riqueza e na pobreza – Ingrid Kethelen

    • 17/12/2020 em 17:13
      Permalink

      kkkk com certeza, sogras são sempre difíceis.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: