Textos da Dri – Quando meu pai perdeu o dinheiro do meu leite

Hoje mais um texto sobre como as coisas podem ser diferentes, basta ter fé e acreditar.

Meus pais sempre foram guerreiros, porém a vida não foi fácil e quando meu pai contou essa história fiquei emocionada e resolvi dividir com vocês.

Quando nasci fui muito amada, mas as dificuldades financeiras eram grandes e meu pai se virava como podia.

Após um dia de um bico de pintor, a única moeda que tinha no bolso serviria para comprar meu leite. Sim, eu amava leite e era chata para comer, por isso era o melhor alimento.

Com a felicidade no rosto por ter esse dinheiro meu pai chamou minha mãe para irmos numa pracinha passear.

Brinquei, sorri e vi meus pais juntos de mãos dadas celebrando a vida.

Só que meu pai, sempre brincalhão, resolveu fazer um desafio a minha mãe. Ele jogaria a moeda para cima e quem achasse onde ela caiu, ganharia um beijo.

Minha mãe no começo ficou envergonhada, não gostava de demonstrações de amor em público, mas só havíamos nós na praça. Momento mais que perfeito. Além disso, ela não queria porque era nosso único dinheiro e se perdêssemos a moeda?

Meu pai na hora disse que era bobeira, o que valia era a felicidade.

Eu pequeninha só batia palmas e sorria. Achava aquilo tudo divertido.

Meu pai jogou a moeda e foram procurar. Depois de muito tempo a brincadeira virou um pesadelo.

Eles não acharam a moeda. Ficaram ainda por horas procurando na grama da pracinha, mas ela sumiu.

Minha mãe começou a chorar e meu pai era o próprio fracasso em pessoa. Sentia-se culpado. O que faria para me alimentar?

Voltaram para casa bem tristes.

Meu pai deixou a tristeza de lado e foi pedir ajuda. Tocou campainha na casa da vizinha, explicou o que tinha acontecido, afinal ela tinha um filho na mesma idade que eu, disse que faria qualquer trabalho em troca de um pouco de leite.

A vizinha, uma pessoa de coração bom, concordou em dividir o leite e queria apenas que um dia se ela precisasse meu pai retribuísse o favor.

Minha mãe ficou muito feliz e mesmo assim fez uma faxina na casa da vizinha como pagamento no dia seguinte.

E como se uma luz abrisse nas nossas vidas, meu pai arrumou um emprego e pôde enfim dormir tranquilo, sua família estava a salvo e nunca mais faltou leite em nossa casa.

Enfim, espero que tenham gostado de saber um pouquinho da minha infância e como a partir desse fato meu caráter e essência iniciaram.

Beijos no coração.

Adriana Mellado

Redes Sociais

One thought on “Textos da Dri – Quando meu pai perdeu o dinheiro do meu leite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: